Estrutura de Governança Corporativa

A estrutura de governança da SuperVia é constituída por: Assembleia de Acionistas (deliberativo), Conselho de Administração (deliberativo), Auditoria Externa (parecer independente), Presidência - apoiada pelos Comitês de Ética e Conduta (“Comitê de Ética”) e Gestão de Riscos Empresariais (“Comitê de Riscos”), e demais Diretorias.

O sistema de governança está organizado conforme abaixo:

Conselho de Administração - O Conselho de Administração da SuperVia é composto por, no mínimo 03 (três) e no máximo 07 (sete) membros. Os membros do Conselho de Administração são em regra eleitos na Assembleia Geral Ordinária. O mandato dos membros do Conselho de Administração é de 03 (três) anos, com direito a reeleição. O mandato dos atuais conselheiros termina em abril de 2024.

Diretorias - Responsáveis pela gestão direta dos negócios, a Diretoria Executiva da Companhia é composta por até 05 (cinco) diretores eleitos pelo Conselho de Administração para mandatos de 03 (três) anos, permitida a reeleição. Atualmente, a estrutura da Companhia possui 04 diretores, são eles; Diretor Presidente, Diretor Administrativo Financeiro, Diretor de Operações e Diretor de Manutenção.

Comitês - A SuperVia também dispõe de (02) dois Comitês para apoiar a Administração da companhia na tomada de decisões;

Comitê de Ética – Composto por 04 (quatro) membros, são estes; (i). Representante do Conselho de Administração, (ii). Líder de Compliance, (iii). Líder do Jurídico, e (iv). Líder de Recursos Humanos.

Comitê de Riscos – Composto por 05 (cinco) membros titulares, sendo estes; (i) Gerente de Gestão de Riscos, (ii). Gerente de Controladoria, (iii). Gerente de Contrato de Concessão e Energia, (iv). Gerente de Via Permanente, e (v). Gerente Jurídico.