No município do Rio de Janeiro, a gratuidade é concedida para pessoas com mais de 65 anos, pessoas com deficiência e doenças crônicas e estudantes da rede pública de ensino. Se você se enquadra em um dos casos, pode se programar para fazer a sua gratuidade.

Como obter o cartão gratuidade:

Dirija-se ao Espaço Gratuidade, localizado na plataforma 13 da estação Central do Brasil, de segunda a sexta, das 8h às 17h (exceto no período entre 12h e 13h30), portando os seguintes documentos originais:

Pessoas acima de 65 anos:

Documento original com foto e data de nascimento e comprovante de residência atual em nome do requisitante (últimos 3 meses, original e enviado pelos Correios). 

Pessoas com deficiência ou doenças crônicas:

Para menores de 18 anos: documento de identificação original com foto ou certidão de nascimento, Vale Social emitido pela SETRANS (Secretaria de Estado de Transportes) e comprovante de residência atual em nome do responsável legal (últimos 3 meses, original e enviado pelos Correios).

Para maiores de 18 anos: documento de identificação original com foto, Vale social emitido pela SETRANS (Secretaria de Estado de Transportes) e comprovante de residência atual em nome do requisitante (últimos 3 meses, original e enviado pelos Correios).

Estudantes da rede pública de ensino:

Para menores de 18 anos: documento de identificação original com foto ou certidão de nascimento, declaração escolar* com 30 dias de validade e comprovante de residência atual em nome do responsável legal (dos últimos três meses, original e enviado pelos Correios). 

Para maiores de 18 anos: documento de identificação original com foto ou certidão de nascimento, declaração escolar* com 30 dias de validade e comprovante de residência atual em nome do requisitante (últimos 3 meses, original e enviado pelos Correios).

*A unidade escolar deverá ter encaminhado previamente a listagem de alunos.

Como usar o cartão gratuidade:

Para embarcar nos trens, apresente-se na bilheteria da estação com os seguintes documentos:

Pessoas acima de 65 anos:

Cartão gratuidade SuperVia ou documento de identificação original com foto e data de nascimento. 

Pessoas com deficiência ou doenças crônicas:

Cartão de identificação emitido pela SuperVia ou Vale Social emitido pela SETRANS (Secretaria de Estado de Transportes).

Observação: Terá direito também à gratuidade, sem passe especial, um acompanhante do portador de necessidades especiais com dificuldade de locomoção (desde que conste esta observação no passe especial emitido pela Secretaria de Estado de Transportes ou na carteirinha de gratuidade) ou quando o mesmo for menor de idade.

Estudantes da rede pública de ensino:

Cartão gratuidade SuperVia. O estudante uniformizado deve apresentar o cartão na bilheteria das estações que nele estão indicadas. O acesso gratuito só ó válido no deslocamento do estudante entre sua residência e o estabelecimento de ensino, nos dias de aula, durante o período escolar. 

Cartão Gratuidade:

Ao apresentar o cartão gratuidade SuperVia ou documento original com foto na bilheteria da estação de embarque, o bilheteiro entregará ao passageiro um Cartão Gratuidade, que tem o prazo de 10 minutos para ser utilizado.

Após isso, a mensagem de “saldo expirado” aparecerá no visor, sendo necessária a retirada de outro cartão no guichê.