13/03/202018:14

Todos contra o Coronavírus

Desde o ­final de 2019, vários países vêm identifi­cando pessoas com casos do novo Coronavírus e, agora, infelizmente, ele chegou ao Brasil.

Sabemos que somos um transporte de alta capacidade e, atentos ao momento de preocupação da sociedade, também nos preocupamos com nossos clientes e colaboradores. Após a elevação do plano de contingência do Governo do Estado do Rio para o nível um, com registro de transmissão local do Coronavírus, instauramos um comitê interno para planejar e implementar o plano de ação com o objetivo de contribuir com a informação e mitigação dos riscos de contaminação.

O que estamos fazendo?

Com base no material oficial do Ministério da Saúde, produzimos conteúdos para nossos canais de comunicação. Cartazes estão sendo afixados nos quadros de avisos e veiculamos áudios e vídeos com as principais orientações nas estações e trens.

Contratamos, em caráter emergencial, equipes focadas para a desinfecção interna dos trens e catracas nas estações de maior movimentação, reforçando o efetivo que já atua na limpeza dos ambientes.

Mas sabemos que a prevenção e adoção de comportamentos simples são o primeiro passo para se proteger contra o vírus.

 

Abaixo você tem mais informações sobre o que é o Coronavírus e como se prevenir.

O que é o novo Coronavírus?

A doença é denominada o­ficialmente como COVID-19 e faz parte de uma grande família viral que causa infecções respiratórias, algumas vezes graves, em seres humanos.

Como o vírus é transmitido?

A transmissão ainda está sendo investigada pelos órgãos de saúde, mas a propagação de pessoa para pessoa está ocorrendo através de:

  • Espirro;
  • Tosse;
  • Catarro;
  • Gotículas de saliva;
  • Contato físico com pessoa infectada;
  • Contato com superfícies infectadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

Algumas das orientações simples, mas que são significativas, são:

  • Lavar frequentemente as mãos com sabão;
  • Utilizar álcool em gel;
  • Ao tossir e espirrar, cubra a boca e o nariz utilizando os braços;
  • Não compartilhe objetos pessoais;
  • Evite pôr a mão na boca;
  • Evite coçar o nariz e os olhos.

Quais os principais sintomas?

Os conhecidos até o momento são:

  • Febre (acima de 37,8º);
  • Tosse;
  • Dificuldade de respirar;

Quais são os critérios para definir um caso suspeito?

  • Febre e pelo menos um sintoma respiratório e histórico de viagem para área com transmissão local* nos 14 dias antes de sentir os sintomas;
  • Febre e pelo menos um sintoma respiratório e histórico de contato próximo com caso suspeito ou caso confi­rmado em laboratório nos 14 dias antes de sentir os sintomas.

O que fazer quando estiver sentindo os sintomas ou se enquadrar em um caso suspeito?

  • Procure um serviço médico.
  • Evite contato com outras pessoas.

 

Para mais informações e orientações, o Ministério da Saúde tem um portal que pode ser acessado através do link: https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus

O Disque Saúde também está disponível pelo 136.

 

*Até 21/01/2020, a única área com transmissão local era a cidade de Wuhan (China). As áreas serão atualizadas e disponibilizadas no site do Ministério da Saúde (https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/listacorona).